sábado, 19 de julho de 2008

PARCERIA À DISTANCIA

Olá meus amigos. Hoje publico para vocês uma parceria inusitada que fiz com uma pessoa muito importante e especial para mim; uma pessoa que me ensinou muita coisa sobre a vida e que embora hovesse alguns atritos, eu sempre respeitei: meu Pai. Joaquim Aparecido de Sousa, paulista , professor de matemática, 64 anos de vida cheia de saúde. Foi com ele que ouvi os primeiros sambas do Martinho da Vila ainda bem gurizinho, aos domingos depois de chegar do futebol para almoçar.... e ele ficava lá tentando arranhar o violão com braço empenado que mais tarde foi meu grande companheiro. Hoje moramos 900 Km separados mais a tecnologia da uma forcinha né !! Outro dia ele me cantou um refrãozinho pelo telefone e posteriormente completei a letra e coloquei a harmonia, e tá aí a parceria, na verdade essa foi a primeira, outras já se consolidaram, mais fica pra outro dia. Tenho certeza que vão gostar, essa já tá no respertório do Molho Madêra.


SÓ TENHO QUE TOCAR MEU VIOLÃO
( Álvaro Fausane/Joaquim Sousa)


Enquanto a alvorada não vem
Não tenho a quem prestar satisfação
Enquanto a alvorada não vem
Só tenho que tocar meu violão
Porque eu sou da noite, boêmio nato
Do samba de fato
Malandro criado, mulato atrevido
Que não tem juízo mais tem coração
Toco a noite inteira pra fazer feliz essa mocidade
Na roda de samba, no palco dos bambas
Quem canta e encanta
É o meu violão

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Vejam no blog do Mercado
htpp://mercadopubicofloripasc.blogspot.com/

Flagrantes do show do Molho Madêra no Bar REPUBLIKA...

abraços, marcio Vieira
ps: me mandem o e-mail de vcs

21 de julho de 2008 23:23  

Postar um comentário

<< Home

web metrics